3.12.12

logica e poesia

Por sugestão do meu professor de Lógica, Oswaldo Porchat, comecei a estudar Alan Turing fora da USP. Em seguida, fascinado que fiquei, entrei de cabeça na computação. Sem abandonar a poesia, aprendi várias linguagens, inclusive Cobol, Assembler, Pascal e Fortran. Tudo isso em apenas um ano de dedicação integral. Fui ser programador, e três meses depois era Analista de Sistemas e em seguida, aos 22 anos, promovido a Gerente de Informática numa empresa chamada Protin. Meu salário, impulsionado pela Lógica, decuplicou. E eu continuava na Filosofia — amando a Lógica, lógico, cada vez mais. Por isso hoje esse meu respeito absoluto pela lógica e pela poesia. Eu respiro lógica e poesia o dia inteiro.

7 comentários:

Edson Marques disse...

Também os poetas têm história.
É a vida.
http://mude.blogspot.com.br/2012/12/logica-e-poesia.html

Edson Marques disse...

Meus eternos agradecimentos ao Professor Porchat!

Suzi disse...

Bom dia Senhor Alien! Obviamente já cedeu sua massa cinzenta para estudo da ciência. Maravilha! Coisa boa seus hemisférios serem amigos, não competirem, um não sobrepujar o outro. Parabéns! Mais ainda, o que seria a coisa fria, temperada com sensibilidade. Como dizem por estas bandas aqui: “Bão também!”. Lindo també seu reconhecimento. Abraço.

sonia kahawach disse...

Bom dia, "corujão" (símbolo da sabedoria).
Como disse v. outro dia: exagero teu e de Deus...
Tenha uma linda semana, PGH = pequeno grande homem (uma das expressões de carinho que uso por aqui).

Edson Marques disse...

Suzi,

Boa ideia. Vou pedir a preservação física do meu cérebro (após a minha eventual morte, aos 120). Talvez se consiga, depois, um corpo saudável para trazer-me a vida de volta. Isso é sério!

Flores...

Edson Marques disse...

Sonia,

Quando eu te disse que "era um exagero teu... e de Deus", aquilo me causou um autêntico sentimento de alegria... rs!
Sim, corujão. Durmo em horas (im) próprias, sempre. E acordo idem.
PGH. Gostei. Mas sou mais pequeno do que grande...

Flores.

VIDA E LIBERDADE disse...

Você é inteiramente grande interiormente....pelo menos eu o vejo assim....


Obrigada pelas flores...e pela visita....

muitas flores à mais para você, poeta!