2.12.12

ajuda-me a interpretar

Noite linda madrugante enluarada, silêncio profundo, e uma taça de vinho branco ao meu lado. Na verdade, é uma cerveja iluminada, mas fica melhor dizer que é vinho branco. Nada mais. Nem música. Só o barulho afrodisíaco das ondas ali perto, insistentes, deliciosas. Vejo então aqui na estante, perto da Baby Blue, um quadro, pequenino, moldura brilhante de alumínio, com a foto da mulher que eu mais amo: minha mãe. E o mais impressionante em minha Mãe é que, quando estou ao seu lado, conversando docemente sobre a vida, ela ajuda-me a interpretar a realidade. E quando sonho com ela, no próprio sonho ela me ajuda a interpretar os meus Sonhos...

8 comentários:

Edson Marques disse...

Depois eu conto quem é a Baby Blue...
Vou agora fazer um café. Com água benta, é claro. Antes, distender os meus músculos, flexionar os meus braços, dez minutinhos de karatê. E antes ainda, colocar bananas para os pássaros e aguar os pezinhos de lírio.

http://mude.blogspot.com.br/2012/12/ajuda-me-interpretar.html

sonia kahawach disse...

Perfeito seu início de dia. Não se esqueceu de nada e curtiu tudo deliciosa e carinhosamente.
Tenha um lindo dia com flores, amores e muita luz do sol iluminando seu túnel.
Carinhos

Suzi disse...

Whoever you are, holding me now in hand, dejavu. Falei! Vou descaradamente me apossar dos seus dados. Amei.Veja, repare... Como bem rápido será noite, e depois como terá sido o saldo do dia? Quais possibilidades do grande leque ficarão significativas. É isso que encanta nas manhãs. Então, começo atendendo o chamado do sol, que tá lá fazendo a parte dele, azulejando o dia. Bom dia!

Edson Marques disse...

A partir de hoje, alguns sanhaços que me visitam chamarei de azulões. Se parecem.
Azulões!

VIDA E LIBERDADE disse...

A noite chegou e eu aqui, tentando adivinhar como será meu amanhã.Impossível...
São 20h52....
Na verdade, eu queria hoje uma noite
com mil e uma novidades...mas vou me contentar com a companhia do Faustão , que é um chato, às vezes....rs...

Pudesse eu conversar com alguém como você , poeta!Mas você é um mito....
resultado:
Vou dormir ou dar uma chegada no face...

Mães, Edson, são assim ....
Procuram proteger os filhos até nos sonhos...
Mães, amam tanto, que as saudades que elas sentem dos filhos,principalmente os mais queridos...dói tanto, que o coração
fica torcido...até o sol aparecer novamente...
Normalmente, as mães, só têm tempo para divagar,e pensar amorosamente nos filhos, a hora que deitam a cabeça no travesseiro.Caso contrário, não param o dia todo....
Ser mãe é uma delícia, mas ser filho acho que não é tão bom....

Durma bem, meu poeta querido, durma com os anjos e com sua mãe afagando seus cabelos!

Geraldo de Lima disse...

Edson, boa noite... Acabei de ler teus comentários lá no meu blog. Ô, rapaz... Obrigado pela força!
Olha, além de agradecer, pensei também em responder sobre o crédito da foto do post "Exemplos"... Localizei essa foto em dois sites específicos: o educacional "Escola da Vida" e o blog "garatujando"... Em ambos não se dá crédito ao autor da foto, sendo que o segundo ainda diz que é de autor desconhecido...
Parabéns pelo cuidado com os direitos autorais... Vou aproveitar e seguir o seu exemplo - é até engraçado, já que a foto é sobre isso mesmo...
Aproveito também para elogiá-lo pelo post dedicado à sua mãe... Trata-se definitivamente de algo muito especial na nossa vida...
Grande abraço, cuide-se bem...

Edson Marques disse...

Estou aqui, tomando café, e ouvindo passarinhos livres. Bem-te-vis que se destacam com melodias encantantes. Um chamado entre eles, certamente. E outros. Os azulões já vieram comer sua banana, e eu já aguei as plantinhas do vaso grande, inclusive as pequeninas que nasceram sem convite.
E acabei de escrever isto lá no Facebook:

Abraço sempre a loucura santa das minhas ideias loucas, e escrevo. Escrevo — como se estivesse fazendo amor... Escrevo com a gostosura toda na pontinha dos meus dedos excitados. Na pontinha da caneta que os meus olhos viram. Na pontinha delicada e amorosa sobre o rio escandaloso em que flui a minha Vida.

É a vida.

Vera Lúcia disse...

Visitei seu blog rapidamente. Gostei muito. Valeu o alerta dado. Foi bom que pude conhecê-lo. Depois, voltarei com mais calma.Abraços!