23.10.12

mude

12 comentários:

Edson Marques disse...

Eu também sempre releio meu poema Mude.
http://mude.blogspot.com.br/2012/10/mude.html
Chove em SP hoje.

Sandra disse...

Oi... passei pra te dar um oi, dizer que seu Blog como sempre está maravilhoso e te oferecer um mimo, Ganhei um Selinho e vim oferecer a você, se quiser pode passar no meu Blog Pensando e Aprendendo (http://sandraduarteborges.blogspot.com.br) e retirar, um enorme bj no seu coração...

Virgínia Viana disse...

Caro Edson, tenho uma curiosada a teu respeito, ..Sonhas em ter uma família?.. Encontrar alguém que seja tão gostoso e fascinante estar perto que faça com que tu a queira por toda a vida?

Edson Marques disse...

Virgínia,
Claro que se eu encontrar uma pessoa que seja tão gostosa e fascinante, deliciosa de estar perto 24 horas por dia e que me faça querer ficar com ela por toda a vida — ficarei com ela, lógico!

Aliás, se eu encontrar duas ou três assim — ficarei com todas! Seria uma bênção maravilhosa. Uma gostosura imperdível..



Mas gostei da tua pergunta. E vou respondê-la talvez em duas partes. Na primeira, falarei de Jesus. A propósito, você perguntaria ao Mestre se ele sonhava em ter uma família?... rs!

Flores!

sonia kahawach disse...

Acho uma delícia a curiosidade despertada nas pessoas...
E o Mestre tem uma enooorme família, pelo menos de irmãos pelo mundo afora. Deve andar maluco, coitado!
Carinhos

Ana Carla disse...

Que lindo! A imagem, o texto, as perguntas que suscita! Muda.

sonia kahawach disse...

Seu poema MUDE é pra ser relido sempre e marcado como lição de casa. Ele inclusive se presta a funcionar como remédio, sabia? Dia desses comento com v.
Carinhos e muitos amores.

Virgínia Viana disse...

Caro Edson, eu busco isso, alguém que seja sempre gostoso e fascinante ´uma relação que não finda em sua gostosura, mas que seja reciproca, nada normal, nada comum, quero êxtase, algo vibrante,que faça a rotina inusitada, e não apenas ter por alguns momentos essa necessidade preenchida, será que existe meu caro poeta, será que é querer demais?

sonia kahawach disse...

Perdoe a intromissão, o blog não é meu, mas não resisti não falar com a Virginia acima. Minha querida, o que v. quer é muita coisa para UM só ser oferecer. Infelizmente não temos sapos que se transformam em príncipes perfeitos pra viverem felizes para sempre.
A rotina sempre se instala, pode ser até com vibrações diferentes, mas se faz latente. Sonhe muito que os sonhos só fazem bem, mas viva sua vida real com alguém que a faça feliz com algumas das características que citou.
Credo, estou parecendo aquelas conselheiras beatas.
Perdoe se fui intrometida. Sua pergunta foi ao autor do blog e é ele que deve responder.
Grande beijo

Edson Marques disse...

Virginia,

Eu sei que existem relações assim, como as que você descreveu acima: extasiantes, maravilhosas. Claro que existem! Eu mesmo já vivi muitas delas. Centenas!

Mas não creio que sejam eternas. Exigir de uma Paixão que seja eterna é traí-la já no início. Por (minha) definição, a gostosura das relações é finita no tempo. E eu não vejo isso como um defeito: é a solução que a Natureza encontrou para tornar os humanos um pouco mais divinos... rs!

Flores!

Edson Marques disse...

Sonia,

Gostei do teu papel de conselheira sentimental... rs!
Concordo: exigir de uma só pessoa que desempenhe TODOS os papeis, que satisfaça todas as expectativas do outro — é exigir demais de um pobre coitado!

Quanto à alegoria do sapo/príncipe, vou pensar agora uma frase a respeito.

Mais flores...

Virgínia Viana disse...

Nossa Edson, isso é triste, acho que não é qualquer um que suportaria tantas marcas assim, tu es um privilegiado ou não por ter o coração que tens, não sei dizer..

Flores a ti também poeta..