8.10.12

araras

As araras amazônicas podem viver até setenta anos, quando em cativeiro. Mas, soltas no seu habitat, vivem em média apenas trinta e cinco. Como se vê, também no caso das araras, quem vive em liberdade corre mais riscos. Além disso, a gaiola oferece alguns confortos que a vida livre não dá. Então, eu te pergunto: se você fosse uma arara, escolheria viver trinta e cinco anos em liberdade — ou setenta em cativeiro?
E se você não fosse uma arara?

6 comentários:

Edson Marques disse...

A vida é um jogo. E vale o risco.
http://mude.blogspot.com.br/2012/10/araras.html

Anônimo disse...

Quando eu leio os seus poemas eu perco o fôlego...
Você é um gênio!!!!
Beijos!

A.

iara disse...

Ser livre é um presente da vida.
Ser arara é poder sentir essa vida em toda sua plenitude. Boa semana.
iara.

Ana Carla disse...

Você é cheio de boas perguntas... hehe...

Luiz Henrique Rocha Vetori disse...

Provocador esse pensamento.
Os 35. Certeza.
O difícil é se libertar da gaiola... A rotina me pega de jeito às vezes.
Abraço

sonia kahawach disse...

Seu blog é muito especial e adorei conhecê-lo mais de perto. Independente de ser uma arara, com certeza eu gostaria de viver além dos 70 (estou perto) em total liberdade.
Grande abraço