15.8.12

teus olhos meus

O ciumento quer o olho. O amante, os olhares.

Não tenho a pretensão de ser o dono exclusivo dos teus olhos, meu amor: seria loucura. O que eu quero mesmo é ser, por algum tempo, o objeto puro e o destino convidante dos teus olhares. Só isso.

Ainda estou refinando o texto acima. Mas, basicamente, vou dizer que pupilas, cristalinos, íris, córneas e retinas: nada disso me interessa. Não quero as células que te compõem, posto que coisas. Eu só quero teus olhares. Afinal, como já disse, o ciumento quer o teu olho, mas eu — eu só quero teus olhares, meu amor.

7 comentários:

Edson Marques disse...

Ainda estou refinando o texto acima. Mas, basicamente, vou dizer que pupilas, cristalinos, íris, córneas e retinas: nada disso me interessa. Não quero as células que te compõem, posto que coisas. Eu só quero teus olhares. Afinal, como já dito no início, o ciumento quer o olho; o amante, os olhares.

http://mude.blogspot.com.br/2012/08/teus-olhos-meus.html

É a vida.

MA FERREIRA disse...

O texto esta perfeito assim..carmin....


bj

Ana Carla disse...

E conquistar olhares já é tanto! Beijo!

Bandys disse...

O que os olhos escondem , os olhares dizem tudo.

É a entrega.

Beijos e olhares

Retalhos da Sol disse...

Saudade...

Só isso!

Bjos meus, enSOLarados!

Cla disse...

Nos olhares, somos enfeitiçados, conquistados e apreciados, acho que desejá-los seria concreto para amarmos.

Gostei, um grande beijo.

mjpublicidadepropaganda disse...

Perfeito - este peoma - não precisa mudar mas nada