29.7.12

sem pressa e sem pressoes

Sem fome, sem sono, sem culpa, sem dor. Sem pressa, sem apego, sem pressões. Sem esperas, sem cobranças, sem promessas. Sem medo e sem controle, sem ódio e sem juízo. Sem maldades — e sensível. Sentindo-me eterno no transitório. Buscando equilíbrio no instável, e no incerto. Amado com delícia e liberdade, e amando com grandeza e ousadia. Passageiro numa viagem sem destino, percorrendo caminhos ainda não trilhados. Cada vez mais fascinado e encantado com os novos horizontes. Adorando as surpresas no momento em que acontecem, e vivendo a primavera em qualquer das estações. Quebrando barreiras, de modo irreversível. Ultrapassando limites... Encontrando a essência de cada coisa nela mesma. Compreendendo as razões também daqueles que não conseguem me compreender. Vivendo o mais profundo, o mais criativo, o mais sensual, o mais inocente e o mais sagrado período da minha vida. Sugando a doçura de todas as coisas... Vivendo as maiores e melhores paixões da minha vida, e vibrando com tudo que me toca. Sentindo-me a cada momento como se Deus me cobrisse de glórias, de flores e estrelas. Dançando nas minhas próprias e nas tuas emoções. Inundado de carinho e gratidão. Com a cabeça nas nuvens — e o coração no infinito.

Portanto, o que mais posso eu querer da vida, além de amores livres e brilhantes, crepúsculos cor de abóbora na praia que eu prefiro, óleo de amêndoas doces, um buquê de rosas brancas e vermelhas, duas ou três taças de vinho transbordantes, muita liberdade, alegria, saúde, poesia, gostosura — e tempo livre para viver tudo isso? O que mais posso eu querer da vida?!

8 comentários:

Edson Marques disse...

Viva o desapego, em todos os sentidos.
http://mude.blogspot.com.br/2012/07/sem-pressa-e-sem-pressoes.html
É a vida...

Paty Michele disse...

Edson, vc sempre tão inspirado. Eu, que achava que o MUDE era da Clarice, adorei conhecer essa história no seu blog.
Um abraço!

Marisete Zanon disse...

Pôxa! Preciso tentar tudo isso. Eu já quero dois e ao mesmo tempo em tudo. Não encaro as primaveras com satisfação e sou muito mal humorada. Será que eu tenho jeito?
Beleza de palavras querido.
Um abraço carinhoso.

Edson Marques disse...

Ainda estou aqui, refinando esse texto. Inundado de flores e estrelas...

Vida Linda disse...

Olá como faço para linkar o sue blog no meu?? colocar o link do seu blog

MA FERREIRA disse...

Edson... fico encantada com os teus textos!
Penso que tudo isso é ser feliz...
só por hoje...

bj....semana de cores a vc..

Ana Carla disse...

Lindo!

VIDA E LIBERDADE disse...

Continua sempre refinando...Cada dia você fica mais perfeito...
Esse texto está uma delícia, poeta!!!!

Obrigada....

Lisa