5.7.12

questionar conviccoes

Temos que ser infiéis às nossas convicções.
Ou não mudaremos nunca.

7 comentários:

Edson Marques disse...

Ouvindo pássaros inconvictos e tomando um café que nem sei se existe... /// Temos que ser infiéis às nossas convicções. Ou não mudaremos nunca!

Eu gosto muito dessa minha frase... rs! Está no livro Solidão a Mil, página 52.

http://mude.blogspot.com.br/2012/07/questionar-conviccoes.html

Crista disse...

O mais importante é gostar do que fazemos!!!

TheBluberry disse...

Edson, querido. Desculpe o erro, mas o que me encantou foi mesmo o poema. Eu estava procurando por texto de mudança no google e encontrei em 2 sites diferentes, ambos citando como sendo da Clarice. Um tinha essa frase no inicio, mas perdi o link dele. O que eu realmente peguei foi esse: http://claricelispectorclarice.blogspot.com.br/ Obrigada por avisar! Já troquei a autoria. É um belo poema! (:

Bandys disse...

Oi"meu" poeta (tô possessiva hoje,rs!

Então pergunto,
tenho que ser fiel à que?
E eu acho que até sei a resposta... se preciso e quero mudar então não tenho que ser fiel a nada. Acho que troco esse a palavra fiel por firmeza, e longe de ser ou me achar uma traidora. Embora sei ser uma bandidinha)rs.

Um final de tarde com um belo por sol e sem ninguém errando o autor de MUDE. Eu acompanho sei la uns 5 ou 6 anos e Ninguém Merece.
Aff!!

VIDA E LIBERDADE disse...

Essa frase está marcada no meu livro!

Adoro!

beijos

**lyzardqueen** disse...

Adoro..

Russe disse...

Parfait!