26.7.12

le livre

É disso, é só disso que trato nos meus livros: ideias novas, sagração da liberdade — e gramática do Amor. Como sei que você gosta dessas coisas, eu te convido a navegar comigo, por uns tempos, sem bússola e sem mapas. Porque minha literatura é amorosa e, embora profunda, só tem uma proposta: a prática viva da Liberdade absoluta. Le livre de la Liberté!

2 comentários:

Edson Marques disse...

É a vida!
http://mude.blogspot.com.br/2012/07/le-livre.html

Dilly Monnete' disse...

Por isso que eu tô aqui, saltando profundo
^^