14.7.12

borboletas

Uma borboleta voa e você levanta a cabeça para segui-la. Tenta acompanhá-la com olhares, não somente pela graça do seu voo, mas por seu significado físico e poético. A borboleta é o símbolo mais perfeito do ócio artístico e da liberdade criadora. Fascina porque é livre e dança quando voa. As borboletas são independentes. Não existe ciúme entre elas, nenhuma controla o voo da outra, não existe desenho prévio para o tipo de voo que vão voar quando saem a passeio. Não fazem planos para os voos do dia seguinte, não acumulam coisas, não carregam nada nas costas, não se casam nem se prometem coisas absurdas. Por isso as borboletas fascinam. Por isso as pessoas querem seguir as borboletas. Dançar com elas. Voar com elas. Ser como elas.

3 comentários:

Edson Marques disse...

A transformação mais gloriosa não é a da lagarta em borboleta, mas sim a da própria borboleta em borboleta livre.

http://mude.blogspot.com.br/2012/07/borboletas.html

Tomando café. PNMMNJNRNPEEM.

Edson Marques disse...

A chave que te dou para abrir os teus mistérios nunca deve ser usada.

Conserva-os para ti.

VIDA E LIBERDADE disse...

Mistérios ....

A vida é repleto deles...

A vida é um delicioso mistério!!!

Beijos, poeta!