26.6.12

tia ana

Tia Ana. Certa vez, por quase dois meses, ela repartiu comigo seu próprio quarto, para me ajudar a estudar quando meu pai quase me tirou da escola a fim de transformar-me em dono de restaurante. Eu tinha dez anos. Jamais me esquecerei. Ela, não só por isso, foi muito boa para mim. Ela dizia que, para uma boa convivência, a gente deve sempre compreender e perdoar os três maiores defeitos de cada pessoa. Por isso, eu agora vou perdoar os três maiores... dela!

Mas, antes, tenho que pensar um pouco, pois só me lembrei de um. Será que ela tinha três? Entretanto, aproveito para te perguntar: no caso dos teus amigos, parentes e amores — você consegue compreender e perdoar os três maiores defeitos de cada um deles?

4 comentários:

Edson Marques disse...

Tia Ana. Certa vez, por quase dois meses, ela repartiu seu próprio quarto comigo, para me ajudar a estudar quando meu pai quase me tirou da escola a fim de transformar-me em dono de restaurante. Eu tinha dez anos. Jamais me esquecerei. Ela, não só por isso, foi muito boa para mim. Ela dizia que, para uma boa convivência, a gente deve sempre compreender e perdoar os três maiores defeitos de cada pessoa. Por isso, eu agora vou perdoar os três maiores... dela!


Ainda estou escrevendo isso. E me lembrando da Tia Ana. E da Vó Vitalina. E tomando café, ouvindo pássaros, ao lados dos pezinhos de lírio, sem lírios...

É a vida.

http://mude.blogspot.com.br/2012/06/tia-ana.html

Edson Marques disse...

Não fosse Tia Ana, eu hoje, provavelmente, seria um dono de restaurante... rs! Aliás, o restaurante ainda existe, e a dona é minha Mãe. Porém, eu acho que o espírito poeta sempre me habitou, e eu teria reagido. Mesmo sem escola, eu me tornaria poeta.

Talvez.

É a vida...

Bandys disse...

Não tenho duvida, rs!Você´não é só um poeta...
Olha "poeta", perdoar eu perdoo .Uns com mais facilidades e outros demoram mais. Li em algum ligar que se quisesse ser feliz para sempre perdoa, se quiser ser feliz por um dia vinga-te..
Então o melhor a fazer é ser feliz pro resto da vida.

Cade o lírios morreram?
Poxa que pena, já já brotam de novo.

Beijos e raminhos de flores pra você enfeitar teu vaso de lírios

VIDA E LIBERDADE disse...

MADRUGADA AZUL....

PERDÃO....

Perdoar os defeitos de cada pessoa ,é o que mais se faz , pois temos muitos deles e se não nos perdoam a vida vira um inferno!!!!
Acho que não é nem perdoar ...temos mesmo, que ignorar os defeitos e ressaltar as qualidades, porque todo ser humano é bom ,por isso nem devemos lembrar se ele tem ou não defeitos ,porque não existe no mundo alguém que não os tenha...suponho!....rs....


beijos....poeta!

quando vejo um lírio,inevitavelmente, me lembro de você....