12.6.12

namorados

Neste Dia dos Namorados eu quero que você faça esta profunda Declaração de Amor ao teu Amor.
E que ouça dele a mesma coisa, talvez em outros termos — mas com a mesma gostosura:

Eu te amo quando não preciso mais dizer te amo.
Eu te amo quando reconheço teu Direito de Fazer Escolhas.
Eu te amo quando respeito tua própria liberdade tanto quanto a minha.
Eu te amo quando compreendo tua vontade de às vezes ficar só.
Eu te amo quando não te sufoco com chiliques ou pressões.
Eu te amo quando ponho afeto entre as nossas distâncias.
Eu te amo quando aplaudo os teus desejos de voar.
Eu te amo quando me convenço de que o ciúme é o câncer do amor.
Eu te amo quando te ajudo a ser mais livre do que eras quando eu te conheci.
Eu te amo quando a recíproca a tudo isso também é verdadeira.

3 comentários:

Edson Marques disse...

O Amor tem que ser livre.
Se não for livre, será o quê?

http://mude.blogspot.com.br/2012/06/namorados.html

Aproveite o Dia!
Seja Feliz.

Edson Marques disse...

Uma homenagem especial a Joyce Ann!
Flores e estrelas...

Bandys disse...

Bom dia,

Sempre sempre será o meu preferido!
Linda essa declaração de amor.

Feliz dia também poeta.
Viver o amor é todo dia.

Beijos