6.6.12

flor de abobora

Estou com vontade de comer flores de abóbora à milanesa. Na verdade, não era realmente à milanesa, mas eu, pequenino e alegre, achava que fosse e assim chamava. Mas o que eu gosto mesmo é de flor de abóbora daquele jeito amoroso que minha Mãe fazia. Acho que ainda faz, se eu pedir pra ela.

5 comentários:

Edson Marques disse...

Tomando café ao lado esquerdo dos pezinhos de lírio, e pensando nas flores de abóbora que minha Mãe fazia...

Chuviscando em SP.

http://mude.blogspot.com.br/2012/06/flor-de-abobora.html

É a vida.

Edson Marques disse...

Vou telefonar a ela, pra pedir a receita. Mas sei que vai um pouquinho de trigo, maizena e ovos batidos, além de sal e açúcar. E amor, é claro!

VIDA E LIBERDADE disse...

Eu faço assim:

Lavo-as bem..sexo-as com um pano de prato limpinho...reservo
num prato bato 1 ovo,coloco salsinha,
1 pitada de sal,2 colheres de farinha de trigo,cheias...vou acrescentando água até que fique um bom mingau, grossso...
Passo uma por uma naquele mingau e vou fritando em óleo ou azeite de oliva extra virgem, bem quentinho...
assim se faz também com o talo da acelga...só que antes, ferve-se todos eles numa vervura rápida que só os amoleça...
O resto da receita é a mesma...
É só comer...

bom apetite...poeta!

VIDA E LIBERDADE disse...

ops... no lugar de sexo-as (rs) leia-se "seco-as"...rs

Eliane Accioly disse...

Flores de abóbora são lindas, e também já as experimentei, a té o nome "abóbora", escuta, que linda palavra. Vejo que tem até receita.
Bem vindo ao espaço que ofereço, meu catinho...