20.6.12

este eu que ora sou

Este eu que ora sou, num enorme, num desesperado esforço de imaginação, pode até jurar-te amor eterno. Mas, como esperar — como exigir — que o outro eu que amanhã certamente serei cumpra, eternamente, o que promete este eu que ora sou?

2 comentários:

Edson Marques disse...

Meu coração não pode ser culpado por aquilo que nunca conseguiu prometer...

http://mude.blogspot.com.br/2012/06/este-eu-que-ora-sou.html

É a vida.

Kippy Marrie disse...

Olá Poeta....
Tudo bem?
Faz tempo que não conversamos.
Viemos te falar um oizinho e te desejar uma ótima noite.
Apareça quando der.
Aus 1000 e Beijos 1000 com carinho das amigas...

KIPPY & LILLY