1.5.12

video eu quero


Veja o texto deste vídeo no Facebook.
Gravação feita por mim. Detalhes no primeiro comentário.
Não basta ver a flor e seu perfume. Temos que ver-lhe o seu espírito.
Toda ciência seria supérflua se a aparência e a essência das coisas se confundissem. - Karl Marx.

10 comentários:

Edson Marques disse...

Gravei isto numa noite azul de 1997, com uma garrafa de Mateus branco ao lado, logo após Rose ter saído. Na Alameda Barros, SP. Sem muitos recursos técnicos, numa fita cassete, com microfone simples. Tem cerca de meia hora. Minha amiga Lisa (que ainda não conheço, mas que um dia conhecerei) mandou digitalizar em 2010. É um registro que quero preservar por certo tempo. Até da minha voz. Talvez um dia eu regrave, modificando algumas partes.

Como eu cito logo no início, o texto original é de David Cooper, Wayne Dyer, Gaiarsa e grande parte de minha autoria. Aliás, a versão toda é minha, e muita coisa eu falei de improviso.

Para incorporar use o botão no canto superior direito. Pode alterar "160 x 120" pata tamanho maior, se preferir, Proporcionalmente.


http://mude.blogspot.com.br/2012/05/video-eu-quero.html

Vou agora fazer um café com alegria e tempo.

A pressa é mortal. Desconheço-a.

Edson Marques disse...

Na década de 1980 eu morava na Alameda Barros, em SP. E mantinha um telefone exclusivo para uma secretária eletrônica em que eu gravava mensagens curtas, diariamente. Mensagens poéticas, frases dos meus livros, inspirações matinais, e declarações de amor pela vida. Era o número (11) 826-2556. Recebia cerca de 200 ligações por dia, em média. Era o meu blog de então. Minha Web Radio pré-internet. Dia desses eu encontrei as fitinhas cassete lá na casa da Joyce. Acho que vou digitalizá-las também.

My- Boa Sorte!!! disse...

Tão bom te ler, tão bom aprender através de você, tão bom conhecer você, tão bom ouvir você, Amo todas as tuas palavras.
As escritas, as faladas, as sentidas, as tocadas, as tuas palavras que eu canto, as que eu danço, as que eu bebo, as que eu me alimento, todas que Eu Amo!
Assisti esse vídeo faz tempo, e mesmo amando muito ouvir esse texto MARAVILHOSO DE VIVER, não é só ele que me aproxima mais e mais de ti!
Beijos e muito obrigada POR TUDO!
Eu Amo Você!
Myria Regina.

Edson Marques disse...

Acabei citando Karl Marx, por três razões: hoje é dia do Trabalho, eu sou socialista, e além disso, a frase, que está n´O Capital, é belíssima.

Edson Marques disse...

Myria Regina,



Você é um Amor.



Flores...

Cabrito Lunático disse...

Também sou socialista, mas quanto ao texto A Mudança de Clarice Lispector em relação ao seu Mude foi possível notar uma diferença de mensagens, há uns dez anos atrás havia uma montagem em slides com estes textos só que tinha uma diferença destes dois textos, tenho que esclarecer para dar os devidos créditos. obrigado por seguir meu blog, gostei muito do seu blog, passarei mais vezes por aqui.
abs

Cabrito Lunático disse...

Caro Edson, o texto foi garimpado do blog claricelispectorclariceblogspot.com.br, pois bem, estou a sua disposição, manteremos contato.
abs

Edson Marques disse...

Ô Cabrito Lunático, com essa tua resposta berrada e trêmula, você parece mais cabrito do que lunático... rs!

Sou autor do poema Mude.

Se você não conseguiu considerar as provas que te mostrei, mantenha Clarice. Ela merece ser "co-autora"... rs!

Abraços,

Edson Marques disse...

Não existe texto "A Mudança - de Clarice Lispector". O que existe é o meu poema Mude atribuído erradamente a Clarice.

Logo, suponho não ser possível "notar uma diferença de mensagens".

Abraços,

VIDA E LIBERDADE disse...

Ah .....Edson, gosto de você porque você tem as respostas na ponta da língua, (como dizia minha mãe...rs...dizia que tinho a língua afiada...rs)...adoro ler suas respostas , a pessoas que teimam com a autoria do poema Mude...
Quanto às 50 questões..quase já as decorei, de tanto que te ouço...(que linda é sua vóz!!!!)

mil beijos, poeta...

deixa eu te amar?

então te amo já! rs.....


Lisa