12.3.12

teu maior erro

Você deve separar-se de um grande amor enquanto ainda não tem razão alguma para separar-se dele. Porque, mais tarde, quando você já tiver uma razão, nem lembranças gostosas restarão desse amor. Quando surge uma razão para separar-se de alguém — ainda que seja uma única razão — a saudade se torna impossível. Não vale a pena correr esse risco.
Portanto, salte profundo — de cabeça, no coração da Surpresa!
Mas você, você tem medo. Você tem medo da Solidão... Você tem medo de ficar sem ninguém. Então, você quer agarrar esse amor como se fosse o último da tua vida. Você, pessimista, acha que não consegue mais arranjar outro igual — nem melhor...
Esse, o teu grande erro.
Teu maior erro.

Nenhum comentário: