4.12.11

cara metade nao ha

Minha amiga, considere o seguinte: Pedro tem os olhos mais lindos que você já viu. Antonio é um gênio. William tem um corpo escultural. Carlos é um artista. Robert é jovem e gostoso. Paul tem uma simpatia impressionante e conversa maravilhosamente sobre vários assuntos. Edson é um poeta libertário. Joaquim tem a experiência que só os anos trazem. Com Luiz Alberto as transas são puro êxtase, e o sexo com ele te leva às nuvens... Raymond cozinha muito bem e os seus jantares são inesquecíveis. Victor é um astrofísico e te ensina tanta coisa sobre ciência. Enrico fala italiano, adora viajar, e sempre te convida. Com Sérgio você vai ao teatro. Franco é um arquiteto, e desenha casas impressionantes. Edmar é cineasta e te leva filmes muito bons, para verem comendo pipoca. Nelson, empresário bem sucedido. Marcos conhece massagem tântrica. Fernando é psicólogo, e vocês ficam horas falando sobre Jung. Zeca te traz flores todo dia — e sabe onde fica o teu clitóris. Marcelo mora na praia e adora crepúsculos. João dança como um Deus! Ricardo te ensina fotografia. Paritosh é um mestre zen. Alexandre é ator. Pedro está completamente apaixonado por você. E assim por diante...

Como se pode claramente notar, o amor tem mesmo que ser livre. Já imaginou escolher um só destes homens, e desperdiçar todos os outros?! Seria um horror, não é mesmo?!

O problema, querida, é quando um deles se acha no direito de afastar você de todos os outros!

E ainda faltou citar o porraloca Paulão, que sempre te leva a lugares incríveis!


Mas vou reformular o texto acima, cujo rascunho já publiquei no Facebook. Acontece que agora os passarinhos começaram a cantar, e eu tenho um compromisso muito sério de ouvi-los com atenção. Vou então fazer um café, e sentar-me ali, ao lado dos pezinhos de lírio. Volto depois. Quem sabe.

Nenhum comentário: