4.11.11

a flor da pele

O instante de uma coisa não a precede. O momento de um fato não chega antes dele mesmo. Antes do caos, tem que haver uma desordem. Meus amores são todos turbulentos. Parecem calmos por fora, mas por dentro estão fervendo. Mesmo quando tudo parece que repousa, a pele ainda não: meu arrepio não se cansa. A coisa mais profunda que há no corpo humano é tesão à flor da pele.

Nenhum comentário: