10.9.11

poeta semente

AMORES GIRAM SÓIS

Eu era só uma semente, pequenina, mas depois cresci. Cresci como crescem as magnólias e os gatos. Cresci como crescem os machados e os sândalos, as margaridas e os inocentes. Cresci como crescem os deuses e as clarices. Cresci como crescem os morcegos e as mitologias, os amores e os girassóis.

Nenhum comentário: