3.9.11

jesus de novo

MAGNÍFICO DESFILE DE PARÁBOLAS

Experimente conceber a morte de Jesus como uma bela metáfora, sutil e criativa. Assim, também serão metáforas seu sangue e sua dor, seus peixes e seus pães, seus vinhos e águas, seus amores e discípulos, bem como a forma em que nasceu e a própria ressurreição. Se a Vida toda de Jesus foi um magnífico desfile de parábolas, por que só a morte dele não seria? Nesse sentido, Jesus vive ainda hoje no meu louco coração. De braços abertos, mas descrucificado. Meu peito então se torna o reino de Deus, e eu respiro o Espírito Santo — todo santo dia.

Nenhum comentário: