9.7.11

tigres

Nós somos tigres, mas vivemos quase todos como cabritos. Quando nos descobrimos tigres, e "eles" — os formuladores de regras absurdas, os juízes da moral, a polícia do espírito — ficam sabendo que nós nos sentimos tigres, então nos criticam, nos massacram, crucificam. Eles não aceitam tigres que se sentem tigres: apenas toleram os tigres que se parecem a cabritos, têm alma de cabritos, e se comportam como cabritos. E de tanto que parecemos cabritos, vai chegar um dia em que já nos teremos esquecido do tigre que somos... É fatal!

Nenhum comentário: