20.6.11

suplicas

As súplicas de um desgraçado não fazem com que Deus mude o curso dos acontecimentos.


Essa frase foi escrita a propósito de Jó e sua hitória. Jó havia perdido tudo: as amantes, o gado, os filhos, a lavoura e até mesmo a alegria de viver. Perdeu seus camelos, suas tendas e colares. Suas carroças conversíveis e até o cartão de crédito. Seu mundo começou a ruir, fragorosamente. Perdeu inclusive a esposa — mas essa ele não lamentou muito, não. E Deus ainda teve a pachorra de cobri-lo com lepra da cabeça aos pés. Jó ficou sem a casa e o jardim, sem churrasco e sem cerveja, sem música e sem licores, sem champagne, sem morangos. Na miséria mais absoluta. Sem café e sem caviar... Seus amigos — é claro, desapareceram. E Jó foi morar lá no subúrbio, ao lado de um depósito de lixo. Perdeu tudo. Tudo, menos a fé.

Continua (...) Se quiser ler o texto todo dê um click aqui.

Nenhum comentário: